Wednesday, July 07, 2010

Rapidinha

Antes de sair, para os compromissos sempre inadiáveis, paro por aqui para virar uma página. Estou num momento de mudanças: fins e começos. Um fim que se estende, há anos, e começos que hesito explorar. Seria o fim, final? Não. Fim de capítulo, talvez. Mas, aprendi com os livros que, mesmo depois de o tomo fechado, a história nunca termina. Penélopes, vamos rebordando nossa teia, incansáveis.
Começos? Retomada de sonhos, seria melhor dizer. Voltar a me dar o direito de mergulhar no mar, de conversar com amigos do passado… Será que ouso? Mas, numa resenha que fiz outro dia, falo dos perigos das "revisitações". Hesito.
Por isso venho aqui, para minha tábua de salvação, minha escrita. Escrevo estas palavras e me acalmo. Pronto, já posso sair. Lá fora, o sol brilha.

1 comment:

Tereza said...

Querida, estou às voltas com uma conjuntivite seríssima que já me tira do sério há mais de 20 dias. Enfim, li os dois últimos posts e até pensei em pesquisar sobre o artista que você mencionou, mas não consigo fixar os olhos no monitor por mais de 15 minutos! Só quero dizer, rapidinho, que você é uma mulher admirável, e ponto final!!! Beijocas, T.T.